Como evitar desperdício de materiais na obra?

Serviço de reforma completa de cozinha: readequação de pontos hidráulicos, mudança de quadro de disjuntores, instalação de novos pontos elétricos, pintura e instalação de revestimento cerâmico

 

A gente sabe que os materiais utilizados na construção civil são caros e que oneram muito a obra. Por isso, aqui na Mari Donas, além de cuidar da sua casa como cuidamos da nossa, a gente tenta ao máximo cuidar do seu bolso como se fosse o nosso também. 


Quando vamos fazer um orçamento, medimos tudo o que for possível medir, tiramos fotos dos ambientes e analisamos bem as superfícies que serão trabalhadas. Assim, quando preparamos a lista de materiais para enviar aos nossos clientes, conseguimos pedir as quantidades quase exatas de cada material, o suficiente para não faltar mas, também, para não sobrar e não haver desperdício.

 

No caso de tintas, argamassas, rejuntes, espaçadores e outros materiais cujos gastos podem ser avaliados a partir do consumo por metro quadrado, uma boa dica na hora de fazer o cálculo é utilizar as calculadoras disponibilizadas pelos próprios fabricantes. A gente sempre utiliza e é muito difícil elas falharem. 🙂

 

Outra dica importante para evitar desperdício e gastos desnecessários é investir em materiais de qualidade. Economizar é tentador, a gente sabe. Mas é a velha história de que “o barato sai caro”. Material de baixa qualidade interfere no acabamento e na durabilidade, também. A economia com a mão de obra também pode sair bem mais cara do que o previsto. Por isso, investir em profissionais realmente qualificados é fundamental. Se o profissional realmente for habilitado, não haverá desperdício de argamassa, nem quebras desnecessárias daquele porcelanato de mais de R$ 100,00 o metro quadrado.

 

Nós, na Mari Donas, temos muito orgulho de dizer que em 99% das obras de revestimento cerâmico que fizemos não quebramos sequer uma placa durante a execução do serviço.

 

Não desperdiçar é muito importante. Mas, fiquem atentos, pois revestimentos cerâmicos, papéis de parede e tintas com cores que mandamos fazer na máquina devem, sim, ser comprados em maior quantidade do que o previsto. Isso porque, no caso dos papéis de parede e dos revestimentos, a mudança de lotes pode causar variações de tonalidade e textura. Já no caso das tintas, a calibragem das máquinas interfere diretamente na tonalidade da tinta, mesmo que seja exatamente a mesma cor escolhida no catálogo.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>