“Piso sobre piso”: reforma sem quebra-quebra e com muita economia

A gente sabe que obra e quebradeira costumam causar fadiga só de pensar na possibilidade. E, apesar de trabalharmos com obras e reformas, também preferimos sempre evitar o quebra-quebra, a poeira e a bagunça que tudo isso provoca. Por outro lado, também sabemos que renovar é preciso.

Pensando em todas essas questões, uma técnica que sempre costumamos indicar axs nossxs clientes é a técnica de instalação de revestimento cerâmico conhecida como “piso sobre piso”. Apesar do nome com o qual é conhecida, essa modalidade também pode ser feita em paredes. Nesta técnica, a cerâmica que já está assentada na parede ou no piso não é retirada e a cerâmica nova (pode ser porcelanato, sim!) é assentada diretamente sobre o revestimento já existente. É claro que tudo isso é feito com técnica e argamassa colante adequadas, para que as peças não acabem caindo da parede ou soltando do piso.

Mas essa técnica pode ser feita em qualquer ambiente? Pode! No entanto, é preciso verificar se não há problemas de infiltração no local e, também, se as placas do revestimento já existente não estão soltas. Se estiverem, será necessário removê-las, para que não caiam com o peso do revestimento novo. Lembre-se que: placas ocas ou estufadas indicam problemas na base (vazamentos, infiltrações, umidade, contrapiso ou reboco inadequado, etc.). Por isso, é preciso ter certeza de que o revestimento antigo está em boas condições.

Outra questão importante é lembrar que a técnica “piso sobre piso” provoca aumento da espessura de paredes e do nível do piso. Ainda que sejam milímetros, isso vai interferir diretamente no fechamento de portas, box, janelas e esquadrias. Em função disso, alguns fabricantes de revestimento cerâmico já criaram cerâmicas e porcelanatos com espessuras menores, algumas chamadas de “slim”. Com espessuras menores, essas placas diminuem esse aumento causado pelo “piso sobre piso”.

Financeiramente, a gente acredita que vale muito a pena. Na nossa experiência, o valor de uma obra pode ser reduzido em até 40%, pois não há custo com a contratação de caçamba para descarte dos resíduos e o custo da mão de obra diminui consideravelmente, uma vez que não é necessário quebrar e nem regularizar a base de alvenaria para assentamento do revestimento novo – economia de tempo, esforço e dinheiro também!

 

Quer renovar sua casa? Chama a gente! Trabalhamos com instalação de todos os tipos de revestimentos cerâmicos 😉

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>